top of page

Quais são os Pilares do Bem-Estar


Os pilares do bem estar
Viva bem, viva melhor

O que “bem-estar” significa para você? Bem-estar físico? Bem-estar emocional? A palavra “bem-estar” surge regularmente em nossas vidas, mas o que esse conceito realmente significa?

Embora seja um sentimento maravilhoso descrito por todas as pessoas que praticam a forma de viver do bem-estar, existe muito ceticismo do valor, ou mesmo sobre a capacidade do ser humano de mudar um estilo de vida, muitas vezes incorporado há anos. Acredito que embora muitas pessoas desejem, sintam-se acuados ou sem motivação. E por fim, há aqueles que desconhecem esse modelo de vida, do viver bem o presente.

Com a minha mentalidade de coach que se preocupa de uma forma objetiva com o presente e futuro, sem deter-se muito aos porque’s, ao passado que não podemos mudar, minha primeira pergunta pra você é:

“que pessoa você precisa se tornar, para viver a vida que deseja viver?

Assim, nesse artigo vamos explorar os pilares do bem-estar, e como podemos adotar pequenas mudanças em nossos hábitos que possam gerar grandes transformações.

De acordo com a Dra. Jennifer Hunter, pesquisadora sênior do Instituto Nacional de Medicina Complementar de Sydney, Austrália, o bem-estar holístico diz respeito à "pessoa inteira, não às partes".

Bem-estar não é simplesmente evitar o vírus da gripe deste ano ou reduzir nosso nível de colesterol em alguns pontos. Em vez disso, como a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou já em 1948, trata-se de lutar pelo "bem-estar físico, mental e social" e "não apenas pela ausência de doença".

Sabemos que algumas vezes podemos sentir que somos bombardeados com tantas informações e muitas vezes sem saber por onde começar com novos hábitos, eu pelo menos me senti assim, há alguns anos atrás. Motivo que resolvi escrever esse artigo te ajudando a organizar suas ideias.

A minha sugestão sempre é comece suas mudanças aos poucos, um passo de cada vez, veja o que você lhe deixa mais confortável em mudar e quando você estiver sentindo-se bem, e com o novo hábito incorporado, escolha um novo para adotar.


Busque ajuda de um profissional especializado, de preferência um Coach com formação holística, isso é com formação na área da alimentação e nas áreas das emoções da vida.

Importante: O Coach não substitui o trabalho do profissional de saúde como o nutricionista ou terapeuta, ao invés ele desenvolve um trabalho complementar, adota uma metodologia que inclui pequenas mudanças gerando grandes transformações em um curto espaço de tempo.


SETE PILARES DO BEM-ESTAR


Em 1976, o Dr. Bill Hettler, cofundador do National Wellness Institute nos Estados Unidos, desenvolveu um modelo de bem-estar que incluía seis pilares da saúde: física, emocional, intelectual, espiritual, ocupacional e social.

Desde então, alguns pesquisadores adicionaram saúde ambiental, fazendo uma lista de sete pilares que estão completamente interconectados e entrelaçados. A Dra. Mary Knudsen, uma médica nutróloga em Calgary, concordaria e diz: “A melhoria da saúde física pode impactar diretamente nossa saúde emocional e sensação de paz no dia a dia, como interagimos com os outros e como atuamos em nossas ocupações.”

1- BEM-ESTAR FÍSICO

O bem-estar físico é o que geralmente vem à mente quando pensamos em ser saudáveis, e por um bom motivo: a saúde de nossos corpos é crítica para o bem-estar geral. Em termos gerais, o bem-estar físico envolve a implementação de atividades físicas regulares, a manutenção de uma dieta saudável e o rejuvenescimento de nossos corpos por meio do descanso e do sono - coisas que nos protegem de doenças crônicas e melhoram nossa qualidade de vida.



Dicas para bem-estar físico

ALIMENTAÇĀO

Consumir alimentos que auxiliam na desintoxicação do corpo, como vegetais crucíferos (brócolis, couve e repolho), alimentos anti-inflamatórios (como o gengibre, açafrão, oleaginosas, alimentos ricos em omega-3 e chá verde) e reduzir ou eliminar quando possível os alimentos nocivos (açúcar, geneticamente modificados, alimentos processados, corantes, aditivos quimícos, pesticidas)

SUOR

Elimine as toxinas com saunas, ioga ou exercícios.

ACOMPANHAMENTO

Trabalhe com um médico nutrólogo para identificar sensibilidades alimentares que podem causar inflamação no corpo, distúrbios digestivos, dor de cabeça, problemas de pele e fadiga.

2- BEM-ESTAR EMOCIONAL

Quando nos sentimos emocionalmente equilibrados, temos consciência e somos capazes de controlar nossas emoções e temos uma visão realista e principalmente positiva de nós mesmos, dos outros e das circunstâncias de nossa vida.


Também nos sentimos equipados para lidar com os estressores que a vida coloca em nosso caminho. Não permitindo assim que os acontecimentos governem nossas vidas.

De acordo com o estudo Stress in America de 2015 da American Psychological Association, o estresse mantém mais de 40% dos adultos acordados à noite. Nesse nível, o estresse pode se tornar debilitante e está relacionado a fatores como ansiedade, insônia, problemas de digestão e doenças cardíacas.



Dicas para bem-estar emocional

Nem sempre possamos mudar um ambiente estressante, podemos aprender maneiras de gerenciar nosso estresse de forma mais eficaz. Algumas estratégias incluem o seguinte.

DÊ UMA VOLTA NOS DESAFIOS

Quando confrontado com os desafios do dia a dia, como ficar preso no trânsito ou lidar com um conflito com um membro da família, Knudsen sugere que nos perguntem: “Esta é a colina para morrer?” Provavelmente, ela diz, a resposta será "não". Eu costume dizer a mim mesma que o caos lá fora não posso mudar, assim ao invés de me irritar, procuro praticar o “mindfullness”, apenas observando o que está ao meu redor, sem julgamentos, sem críticas.

ENTRE NA ROTINA

Nossas glândulas supra-renais - que ajudam nosso corpo a lidar com o estresse - prosperam na previsibilidade. Uma rotina regular de sono, incluindo ir para a cama por volta das 22h e acordar no mesmo horário todos os dias - mesmo nos fins de semana.

PROCURE SUPORTE EXTRA

Algumas coisas na vida parecem grandes demais para lidarmos por conta própria, como a perda do emprego, a morte de um ente querido ou sentimentos avassaladores de ansiedade ou depressão. Nesses casos, buscar ajuda de um profissional de saúde mental pode ser uma maneira importante de aprender estratégias de enfrentamento, obter clareza e receber apoio emocional.

3- BEM-ESTAR ESPIRITUAL

Embora o bem-estar espiritual certamente possa ser obtido por meio da prática religiosa, a espiritualidade é muito mais ampla e envolve "aprender como ser mais indulgente, grato e compassivo, ser mais gentil e menos crítico".

Ao decorrer da minha vida encontrei várias pessoas sem crenças, sem fé e me pergunto, quando elas se sentem encurraladas pelas circunstâncias de vida, a quem ou a que elas recorrem? Não importa a religião que você deseje seguir, mas ter uma forma de conexão com um ser maior que nós mesmos, também é uma prática espiritual e que nos acalenta em vários momentos da vida.

Dica para bem-estar espiritual

Implementar uma respiração profunda e lenta ou prática de meditação por apenas cinco minutos por dia é uma forma de nos silenciar e começar a ter uma prática espiritual.



4- BEM-ESTAR INTELECTUAL

O bem-estar intelectual envolve um compromisso com a aprendizagem ao longo da vida. Nutrimos nossa saúde intelectual quando nos envolvemos em atividades criativas, aprendemos coisas novas e expandimos nosso conhecimento.

 A expectativa de vida aumentou em seis anos entre 1990 e 2012. No entanto, à medida que envelhecemos, o risco de declínio cognitivo aumenta e torna-se ainda mais importante envolver-se em atividades estimulantes.

Um estudo britânico descobriu que adultos mais velhos (de 70 a 91 anos) que faziam coisas regularmente como ler e fazer palavras cruzadas tinham níveis significativamente mais baixos de comprometimento cognitivo do que aqueles que não faziam.

Dicas para o bem-estar intelectual

Leonardo da Vinci estava certo quando disse: "Aprender nunca esgota a mente" e certamente nunca é tarde para aprender ou tentar algo novo. Algumas maneiras de estimular nosso lado intelectual incluem o seguinte.

CULTURA

Aqueles que participam de eventos e locais esportivos e culturais (museus, filmes estrangeiros ou shows ao vivo) têm maior probabilidade de relatar boa saúde do que aqueles que não participam.

APRENDA ALGO NOVO

Com a internet acessível a grande parte da população, os cursos on-line representam uma facilidade no aprender. Quer melhor ainda? Entre num curso presencial e conheça novas pessoas. Pode ser pintura, línguas, gastronomia ou mesmo aquele curso que você sempre teve vontade de fazer e nunca fez.


5- BEM-ESTAR AMBIENTAL

Certamente, muitos de nós já experimentamos a sensação restauradora de passar um tempo ao ar livre. Mas o que há na natureza que pode reduzir nossos níveis de estresse, melhorar nosso humor e concentração e aumentar a vitalidade?

Uma teoria é que estar na natureza nos ajuda a refletir sobre nossos pensamentos e sentimentos, dando-nos uma pausa da agitação da vida cotidiana. Outra é que nos ajuda a nos sentirmos conectados a algo maior do que nós.

Em nossas viagens de bem-estar, seja em grupos ou nos roteiros individuais, a natureza é a grande estrela da nossa viagem. É através dela que vivenciamos experiencias únicas.

Dicas para o bem-estar ambiental

Mesmo que muitos de nós vivamos em áreas urbanas, ainda podemos encontrar formas diárias de nos conectarmos com a natureza.

PÉS DESCALÇOS

Uma série de estudos revelaram que muitos benefícios para a saúde vêm do contato dos pés à superfície com o solo, grama ou areia - incluindo melhor sono e redução da dor - e que esses benefícios podem surgir do contato direto com os muitos elétrons diferentes na superfície da Terra.



ATIVIDADES EXTERNAS

Faça um piquenique em vez de comer dentro de casa, passe a tarde caminhando em vez de fazer compras no shopping ou até mesmo plante seu próprio jardim.

6- BEM-ESTAR OCUPACIONAL

O bem-estar ocupacional envolve a adequação do nosso trabalho aos nossos interesses, habilidades e valores, e a satisfação que obtemos com nossas profissões. No entanto, trabalho não significa apenas ocupações remuneradas - também inclui papéis na vida (como mãe ou paternidade), hobbies ou trabalho voluntário.

Se você exerce uma profissão que não esteja alinhada com seus valores, que não te inspire, embora proporcione uma estabilidade financeira, as chances de você viver uma vida apagada são grandes.

Dica de bem-estar ocupacional

Um alto nível de envolvimento no trabalho - tendo uma atitude otimista, dedicada e enérgica - está ligado a emoções positivas e melhor desempenho no trabalho. Uma maneira de aumentar o engajamento no trabalho é se concentrar no que você gosta em sua carreira - não importa o quão pequeno seja.

Todos nós temos coisas de que não gostamos em nosso trabalho, mas permanecer positivo sobre pelo menos uma coisa (uma oportunidade de aprendizado ou uma amizade com um colega de trabalho) pode nos ajudar a lidar com as partes estressantes de forma mais eficaz.

7- BEM-ESTAR SOCIAL

Um grande número de pesquisas indica que as pessoas que têm relacionamentos sociais mais significativos são mais saudáveis, mais felizes e vivem mais ainda. Em outras palavras, parece haver uma razão pela qual sentimos o desejo de cuidar de nossos entes queridos, pertencer a clubes e times e socializar com nossos amigos.

Embora a realidade do nosso mundo moderno, mais tempo na tela (da TV ou do computador), semanas de trabalho mais longas e agendas lotadas - nem sempre estão alinhadas à socialização, aumentar nosso tempo com outras pessoas é uma das estratégias de saúde mais acessíveis e baratas disponíveis para nós.

Conviver com pessoas que valorizem coisas em comum é um fator que ajuda, assim como com pessoas que nos inspiram a crescer, a sermos melhores que fomos ontem.

As nossas viagens de bem-estar são uma ótima oportunidades para os que desejam conhecer novas pessoas que valorizem o estilo de vida saudável.

Dicas para o bem-estar social

Reserve um tempo para promover seus relacionamentos mais significativos. Aqui estão algumas sugestões.

FAÇA UMA CAMINHADA COM UM AMIGO

Experimente deixar seus celulares em casa!

CALENDÁRIO EM JANTARES EM FAMÍLIA

Este ritual não apenas cria conexão entre os membros da família, mas pesquisas mostram que, para crianças e adolescentes, está ligado a hábitos alimentares mais saudáveis, maior desempenho acadêmico e maior bem-estar emocional.

Como disse no início, procure adotar um novo hábito por vez, e a medida que esse novo hábito esteja incorporado ao seu estilo de vida, adote outro novo hábito.


Você estando mais feliz e mais saudável você impactará positivamente outras pessoas. Se desejar ser acompanhado por mim como sua Coach, me manda uma mensagem e ficarei muito feliz em participar da sua transformação pessoal.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo